Dezembro 08 2009

Acordo todos os dias com a certeza de que já não voltas.. Que a cada dia morro mais um bocadinho por dentro.. Tenho cada vez mais a sensação que tudo acabou, sem um último sorriso ou um último abraço..

Agora entre nós, restam apenas as memórias. Prevalece um silêncio distante e doloroso..

E ao passar pelas memórias, a ferida volta a abrir, os segundos rasgam-na e abrem-na cada vez mais..

Agora, sinto um buraco no peito, vazio, e sem qualquer tipo de sentimentos lá dentro. Não consigo mais , é verdade.

 

Viver é não conseguir.

publicado por por preencher às 23:06

nunca te irei deixar amor

prometo prometo prometo

amo-te minha rainha @
alma de pássaro a 8 de Dezembro de 2009 às 23:47

pretérito demasiado imperfeito
mais sobre mim
Dezembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11

13
14
15
16
18
19

20
22
23
24
26

27
28
29
30
31


pesquisar
 
blogs SAPO